SEGUIDORES

sábado, 12 de novembro de 2011

Meditando...




Na casa do silêncio deita-se a cambraia da Paz.
E na paz do silêncio ouve-se o que não se quer ouvir.
E o coração fala, o peito aperta-se e o pensamento inquieto esgueira-se, como que empurrado pela voz calada da canção deste sino interior.
É no silêncio que se ama.
É no silêncio que as palavras encontram o eco do ruído do coração.
E no silêncio, a imaginação vagueia, transformando um punhado de terra numa gigantesca montanha. Uma inocente faísca, num clarão ensurdecedor, ou num descontrolado incêndio.
E o Silêncio é a presença que controla o carrossel das danças vibrantes da imaginação.
E ela, sem eco, cai de novo no silêncio e cansada, mergulha no berço da paz.
É no silêncio que se ouve o ruído das águas paradas.
O Silêncio é a voz que dá voz.
O Silêncio sou eu. O Silêncio é a voz que ecoa no peito da noite do meu dia.
É onde me encontro.
É onde me deito.
É onde penso, me reconforto.
É a paz dentro do bulício da minha mente.
O Silêncio é o Nada onde o Tudo pode existir.
É a passagem para o eternamente puro estado de Quietude e Iluminação.
É no silêncio que me leio, me domino, me arrependo, me ilumino.
Onde, ouço a música dos meus segredos errantes que vagabundeiam pelos meus telhados de agonia e onde marco meu encontro com a Alegria faminta da Paz e Harmonia interiores.
É o tempo que se encontra no Templo da aquietação, onde o Sossego se deita no regaço secreto e acolhedor da nossa paz interior.
É onde escuto meus desejos cansados, que se cruzam com as brumas vazias em saudades vagabundas e que dormem incógnitas nos gemidos do inconsciente.
Uma alegria com sentido, tão cara e consentida pela minha Voz!
Só.
Assim.

          
                                                                                   Manuela Barroso





20 comentários:

mfc disse...

Gosto muito deste teu silêncio puro e lindo!
Um silêncio onde os sorrisos acontecem e onde as tristezas são sublimadas.

elvira carvalho disse...

Um belíssimo post sobre o silêncio e os sentimentos que nele habitam.
Gostei muito.
Um abraço e bom fim de semana

equipeloveme disse...

Boa noite, tudo bem?
Adoramos o post e o conteúdo do seu blog :)
Dá uma passadinha no nosso, acabamos de postar uma resenha sobre os produtos da Novix.
Se gostar do nosso cantinho, siga-nos!
Um beijo e bom final de semana!

Silvia Ordonhes disse...

Olá Manuela,obrigada
pelo carinho!
Cantinho Forno e Fogão,
seja bem vinda sempre que puder!
Beijos e ótimo fim de semana...
Fique a vontade em levar as receitas,
e qualquer duvida é só falar!
Paz e luz para humanidade...

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Palavras para quê??? Elas estão aí expostas e de que forma tão maravilhosa!!

Meditar, refletir... sim, faz parte de nós!

Bj e bom fim de semana

joaquimdocarmo disse...

Manuela
Mais uma vez, o "Silêncio" como tema, numa reflexão bem interessante. De como esse espaço de intimidade, recolhimento e introspecção pode preencher os melhores momentos da nossa existência, desvelando tanto que o ruído esconde, disfarça, perturba...
Beijinho
Quicas

Luna Sanchez disse...

Eu sou fá incondicional do silêncio, Manu, e agora, conhecendo o teu em toda a plenitude e profundidade, fiquei ainda mais.

Lindeza de viver!

Querida minha, um beijo enorme.

Leninha disse...

Manu querida,boa noite!!!

E no meu silêncio te escuto e me encanto com a ternura e a doçura de tuas palavras...e dos teus siléncios,faço a moldura para os meus.

Muito lindo o teu poema,amiga... envolvente e doce.

Bjsssss e carinhos,
Leninha

Rama88 disse...

hello friend,, glad to be visiting here, so much knowledge as I can, warm greetings from Indonesia,, I hope U visit me back,, :) By Rama88

SOL da Esteva disse...

Manuela

A sucessão de silêncios torna cada pérola num belo colar.
E isso, Amiga, adorna a Alma e conforta a nossa identidade.

Beijos


SOL

tecas disse...

Grandioso silêncio o seu, querida amiga Manelinha. O silêncio tem voz própria, nesta sua magnifica prosa poética.Um silêncio proprietário da alma...de todos os sentires e de todas as emoções vivas. Sublime.
Bjito amigo e uma flor.

Sonhadora disse...

Minha querida

Comentar a beleza deste texto? não estou à altura...deixo apenas o que senti ao ler-te, porque encontrei tanto de mim.

No meu corpo adormecido...ficou o contorno do vazio das tuas mãos nas paredes mudas do silêncio...restos apagados de gestos sem idade...na escuridão que banha o meu corpo...no mar que escorre dos meus olhos...na cinza que escorre dos dias...no silêncio de todas as noites.

Deixo um beijinho carinhoso
Sonhadora

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

" Só...Assim" é o silêncio. O silêncio tão necessário em nós; neste silêncio conversamos com o nosso eu; sonhamos com ele...ouvimo-lo...recordamos...Nem sempre nos agrada o que ouvimos no silêncio...o que nele vimos...o que nele nos recordamos; perturba-nos muitas vezes este silêncio, no entanto sentimos necessidade dele, de quando em vez no escuro das nossas casas sem ruído; só o silêncio e nós...mais ninguém em casa; é como se fosse " o templo da aquietação onde o silêncio se deita no regaço secreto e acolhedor da nossa paz interior". Gosto destes momentos de silêncio...muitas vezes os procuro, mas nem sempre me fazem bem; são necessários, porém!
Belo silêncio este teu, onde nele estão refletidas as necessidades das nossas almas. Um beijinho e uma excelente semana
Emília

Menina no Sotão disse...

O silêncio é poesia, verso. Tem aquela melodia tão nossa que flutua no nosso intimo. Pude colher seu silêncio e recorrer a lembrança onde sua voz alcança o meu íntimo. Sim, ainda lembro de sua voz, do sutaque vencendo o meu silencio.

bacio carissima

。♥ Smareis ♥。 disse...

O silêncio pra minha vida sempre é, e vai ser importante. Meditar é muito bom, e é necessário pra nossa vida. Adorei os versos. Beijos e ótima semana.

Fernando Santos (Chana) disse...

Excelente post....
Cumprimentos

Liz - Como as Cerejas da Minha Janela... disse...

Quero este teu silêncio tão sábio para mim...

Também amo o silêncio, porque é nelo que cresço em sabedoria e amor...

Lindíssimo poema, mais uma vez minha deusa querida! me eleva a alma e o coração ler-te, voce já sabe...mas não cando de dizer-te...
beijos com carinho e um dia repleto de boas energias!

ps. Obrigada de todo coração pelas palavras lindas no meu blog. Voce é muito especial para mim! amo muito voce, de coração! voce foi um presente que recebi dos céus. Tem um canto reservado no meu coração...

Milla Pereira disse...

...(¨`•.•´¨) Querida .(¨`•.•´¨)  
.`•.¸(¨`•.•´¨) amiga•.¸(¨`•.•´¨)
.`•.¸.•´          `.•.¸.•´
).. .(¨`•.•´¨)(In)felizmente
).. .(¨`•.•´¨) devolveram-me o
).. .(¨`•.•´¨) PÁGINAS DE POESIA
).. .(¨`•.•´¨) Meio nu, mas sem vírus
).. .(¨`•.•´¨) Estarei te linkando lá, novamente
).. .(¨`•.•´¨) em minha lista de favoritos,
Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ❤✫♥ (◕‿◕)✿ ♥ que havia retirado,
).. .(¨`•.•´¨) seguindo orientações.
(¯`*•.¸εїз¸.•*´¯) E,, como já havia criado o
(¯`*•.¸εїз¸.•*´¯) “RECOMEÇAR”
(¯`*•.¸εїз¸.•*´¯) continuarei com ele ativo tb.
(¯`*•.¸εїз¸.•*´¯) Quem sabe, consigo a façanha
(¯`*•.¸εїз¸.•*´¯) de manter os dois – nada prometo.
(¯`*•.¸εїз¸.•*´¯)Obrigada pelo apoio de sempre.
(¯`*•.¸εїз¸.•*´¯) Beijo imenso
(¯`*•.¸εїз¸.•*´¯) Milla (¯`*•.¸εїз¸.•*´¯)

Celso Mendes disse...

é no silêncio que se aninham as palavras, esperando um vento que as mereçam ou um belo poema.

lindo texto.

abraço.

Ange disse...

Um bálsamo para este oásis de tranquilidade, a este silêncio que muitas vezes julgamos ser assustador, mas no entanto tão necessário para repousar nossas almas.
Como já comente, um bálsamo!
A imagem fez uma interacção perfeita ao texto.
Um lindo e TRANQUILO fim-de-semana.
Ange.