SEGUIDORES

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Homenagem -Obrigada, Evanir!


Evanir, do blog http://aviagem1.blogspot.com, entendeu, com a sua delicadeza, homenagear  as palavras que se deixam atravessar por sentimentos errantes, no blog http://wwwanjoazul.blogspot.com.
Agradeço, com ternura, este carinho que partilho com todos os que me visitam e que tanto me alegram! Vocês, são os meus presentes, que eu enfeito com os laços da amizade.
A si, Evanir, de uma generosidade comovente, o coração emudece perante uma alma como a sua!
Você transmite paz! E a paz do coração é o paraíso da Humanidade!
Obrigada pelo seu gesto.
Obrigada por me levar na sua VIAGEM!
Terno abraço,
Manuela Barroso

7 comentários:

Rui Pascoal disse...

Os meus sinceros parabéns!

mfc disse...

Foi uma homenagem merecida.
Parabéns, Manuela.

Leninha disse...

Querida Manuela,queria ter o dom de enviar para a amiga,o azul deste céu que estou a vislumbrar pela janela semi aberta de meu quarto,a claridade e o calor deste sol que me ilumina e aquece,o canto dos pássaros que me acordam todas as manhãs, e a alegria de viver que me invade e preenche o coração.
Parabéns pela merecida homenagem,Manu.
Bjssssss ensolarados,
Leninha

joaquimdocarmo disse...

Querida amiga Manuela
Por demais merecida esta homenagem, se me permite, a ela me associo neste meu regresso!
Beijinho e bom fim de semana!
Quicas

Menina no Sotão disse...

Carissima, que bela homenagem, espero que sua alma tenha sido tocada por tão belas palavras. Imagino que tenha sido... bacio

Lis disse...

Passei pra dizer que a Evanir é uma pessoinha maravilhosa, capaz de emocionar com seu coração generoso . E a poeta Manuela bem merece essa homenagem.
um abraço as duas.

Beatriz Bragança disse...

Querida Manelinha
Merecida homenagem te fez a querida Evanir!
É que tu mereces, pela tua sensibilidade, pela forma como «manuseias» as palavras, de tal maneira que, como dizia uma colega nossa «nos fazes ver amores-perfeitos onde eu só veria folhas de couve».
Continua, grande escritora, porque, em prosa ou em verso, sempre nos encantas.
Um beijinho
Beatriz