SEGUIDORES

terça-feira, 17 de setembro de 2019

Cavalgando



Nos cabelos das ondas do vento
quando tudo já dorme em redor
abandono, solto o pensamento
cavalgo festas de prados e flores.

O ar seco sacode os meus olhos
do brilho cinza que neles se faz
nasce a alegria, todo o azul em folhos
na infância e inocência que ele me traz

E galopando caminho fora
sorvendo os cheiros que vêm da terra
bebo o orvalho destilado da serra.

Desço com calma deste meu corcel
percorro a babel que a vida encerra
e sinto-me flor neste mundo cruel


Manuela Barroso, in "Luminescências"


Para aquisição de livro:

http://www.sedaeditora.pt/loja/prod/manuela-barroso-manuela-barroso-luminescencias/9789895443246/




10 comentários:

Roselia Bezerra disse...

Boa noite de paz, querida amiga Manuela!
So os fortes conseguem ser flores no mundo tao cruel como a poetisa diz...
Muito lindo cavalgar por sobre os sobressaltos e sair perfumadamente feliz
Tenha dias novos abencoados!
Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

Toninho disse...

Que lindo amiga, este poetizar elegante maravilhoso.
Que vontade de te-lo em mãos.
Parece que só aparece opção de enrega em Portugal.
Vou ver o link.
Carinhoso abraço.
Beijo na feliz semana.

Majo Dutra disse...

Belíssimo, querida Amiga, belíssimo.

Imensa criatividade e saber poetizar, nestes devaneios...

Dias repletos de alegrias e sucessos.

Abraço grande. Beijinho.
~~~~

Toninho disse...

A vida é uma Babel Manuela e você renasce flor.
Que seja uma rosa amarela,branca ou vermelha,
mas que seja flor neste mundo por vezes cruel.
Belo poema deste magnifico livro de poemas.
Abraços na bela partilha.
Beijo amiga.

Aguardando contato da editora para entrega no Brasil

Roselia Bezerra disse...

Boa noite, querida amiga!
Hoje, citei seu blog aqui:

https://espiritual-marazul.blogspot.com/2019/09/amor-da-minha-iris-sou-tua-flor-do-campo.html

Tenha dias felizes!
Bjm carinhoso de gratidao

Olinda Melo disse...


Que doce cavalgar esse, minha amiga!
Caminhos que se percorrem, superando-nos
nos desenganos e decepções.

Beijo

Olinda

P.S. Não consegui aceder ao link que indicou. Bj

Kasioles disse...

No es extraño que te sientas flor y te evadas de las adversidades de esta dura vida.
Tú eres flor con un hermoso corazón de poeta.
Cariños.
kasioles

© Piedade Araújo Sol disse...

Belo poema onde a esperança e a criatividade estão de mãos dadas.
Beijinhos
:)

Graça Pires disse...

Neste mundo cruel consegues sentir-te flor porque são de luz as palavras que escreves, porque o teu olhar tem a leveza de uma alegria simples… Gosto muito do teu livro, Manuela.
Uma boa semana.
Um beijo.

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Maravilhoso, encantador!
1 beijinho!

😉
Olhar D'Ouro - bLoG
Olhar D'Ouro - fAcEbOOk
Olhar D'Ouro – yOutUbE * Visitem & subscrevam