SEGUIDORES

sexta-feira, 30 de março de 2012

O Firmamento...


.......
 O firmamento segreda-me baladas de nevoeiro
sacudindo a minha ausência.
Esqueço o longo vento que morre errante no fim da rua.
Subo a luz das estrelas e encho as lágrimas de música
na flauta dos meus olhos.
Escuto a ária que volteja em asas de primavera nas pétalas das violetas.
Sinto o perfume das notas azuis na serenidade das velas
que se acendem em mim.
A canção da noite transporta-me para o mundo do meu silêncio
embalando sonhos que pousam na minha estrada
onde abandono o meu regresso.
Quero voltar à brancura e transparência dos ventos e
à música das estrelas.
Voar com elas!
......
 Manuela Barroso
Pintura: Garmash

30 comentários:

Leninha disse...

...e baladas,sonatas e serestas ecoam pela noite do teu sonho e do teu silêncio...
"Sinto o perfume das notas azuis na serenidade das velas
que se acendem em mim.
A canção da noite transporta-me para o mundo do meu silêncio
que embala a paz que guardo em mim."
...notas azuis,róseas lilases,trazem as flautas,os violinos e oboés...

E não há mais tristeza em teus olhos de mormaço...a paz preenche teus espaços e o sorriso,como um fino organdi,invade tua alma.

Bjssss,amiga,
Trazes sempre melodia e cor para minha alma.
Leninha

SOL da Esteva disse...

Querida Manuela

Noite de veludo, céu cravejado de brilhantes, silêncios de ouro, inundam o Salão do sítio em que estamos e tornam-no num Conto de Fadas.
A imaginação transporta-nos além das Estrelas.
A fascinação fica e faz-nos "(..)Voar com elas!"


Beijos

SOL
http://acordarsonhando.blogspot.pt/

mfc disse...

Voar... sonhar neste poema onde as imagens se quase podem tocar, onde os sentimentos são povoados de cheiros e sabores, onde as emoções se convertem em sons segredados!
Beijos,

Aleatoriamente disse...

Nossa Manu!Que preciosidade!
Um poema que toca fundo, como ouvir uma bela canção.

Beijos querida.

MARIA DA FONTE/ Manuela Ferreira disse...

Que lindo! Um poema cheio de belas imagens, uma pérola. beijinhos

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Chego, vou lendo e sinto a paisagem, com todos os seus elementos, indo se materializando na minha imaginação.
Saio impregnada de paz e beleza, que as palavras e imagem transferiram para o meu interior...

Um abraço, Manu querida.
Bom domingo!

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

As canções por vezes transportam-nos para longe, embalados ou não...
Gostei muito.
Bom fim de semana!

São disse...

que a canção da noite seja murmurio suave em todos os corações...

Bom fim de semana

carla disse...

Um belo poema,belas palavras que nos transportam para varios momentos belos e que nos deixam a alma livre para voar e sonhar

Deixo um beijo e um bom fim de semana

Carla Granja

http://paixoeseencantos.blogs.sapo.pt/

Nilson Barcelli disse...

"Subo a luz das estrelas e encho as lágrimas de música
na flauta dos meus olhos. "
Magnífico texto, muito poético.
Gostei imenso.
Manuela, querida amiga, tem um bom fim de semana.
Beijo.

Irene Alves disse...

Uma maravilha Mauela. Como misturou
diversas sensações...
Bom fim de semana.
Beijinho
Irene

Rui Pascoal disse...

O Sol também é uma estrela... que me ilumina e aquece, talvez por isso prefira o dia à noite.
Há muito que a Manuela ganhou asas, isso nota-se pela forma como escreve, não admira que plane tão alto.
Parabéns!

Ange disse...

Aqui não precisei voltar à brancura ou transparência dos ventos para voar! Voei nas suas palavras! Sempre lindo e com uma pitadinha de nostalgia seus textos. Lindo!
Minha amiga Manoela, saudades de você!
Ando {atarefada} ausente, mas sempre presente!
Um lindo fim de semana para você!
Lembranças
Ange,

Ange disse...

Aqui não precisei voltar à brancura ou transparência dos ventos para voar! Voei nas suas palavras! Sempre lindo e com uma pitadinha de nostalgia seus textos. Lindo!
Minha amiga Manoela, saudades de você!
Ando {atarefada} ausente, mas sempre presente!
Um lindo fim de semana para você!
Lembranças
Ange,

Eloah disse...

"Quero voltar à brancura e transparência dos ventos e
à música das estrelas.
Voar com elas!
Que desejo tão lindo, minha amiga!
Fazes música na tua alma e das palavras sentimentos.Encanto-me com este teu mundo de silêncio, nevoeiros,serenidade e ausências que fizeram deste texto uma bela poesia.
Grandes voos.Bjs no coração Eloah

joaquimdocarmo disse...

Manuela amiga
Quando tudo à volta diz tanto, se sente e "cheira" de modo tão intenso, numa interacção sem ruído para lá das emoções interiores, como não querer "voar", "voltar à brancura e transparência dos ventos e
à música das estrelas."?! Encantado!
Fraterno abraço com votos de bom Domingo!
jc

Parole disse...

O firmamento segreda-me baladas de nevoeiro sacudindo a minha ausência.

É lindo, Manuela.

Beijinhos.

Francy´s disse...

será que é possivel voar com ela? Não sei mas,bem que eu queria fazer-lo.
bjs

Magia da Inês disse...

Muito lindo!
Bom domingo de Ramos!
Beijinhos.
Minas
¸.•°`♥✿⊱╮
°º♫

Santa Cruz disse...

Manuela: não sei o que dizer apenas vou dizer simplesmente lindissimo. é possivel nós nos embalarmos pelas baladas da noite e do nevoeiro.
Beijos
Santa Cruz

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

E continuam as simplicidades...as coisas simples da nossa vida...dos nossos sonhos...das nossas realidades, realidades que gostaríamos fossem sonhos apenas... realidades que gostaríamos de voltar a sentir, pois delas agora só temos as saudades; ficaram para trás, essas realidades....E nesse meu alheamento...nesta minha ausência do mundo deixo que o meu pensamento voe com as tuas palavras até ao firmamento; procuro uma estrela onde fixo o meu olhar e, como numa prece, assim me abandono por uns momentos, recordando...desejando...embalando sonhos.
E o meu coração viajou...recordou...sonhou; encheu-se de poesia o meu coração, Manuela. Muito obrigada pela partilha deste teu Firmamento que por instantes também foi meu. Um beijinho e desejo-te uma Santa Páscoa
Emília

Lorena Viana, disse...

Manuela querida, alguns segundos, me deixei levar pelo embalo das estrelas, cantarolas, dança no ritmo do coração!
Uma linda semana com muita paz, luz e harmonia!
Grande beijo!

Lorena Viana

Fernando Santos (Chana) disse...

Poesia é voar fora da asa.
(Manel de Barros)

Cumprimentos

elvira carvalho disse...

Fico sem palavras para comentar um poema tão belo quanto este.
E dizia a menina que não escreve poemas, escreve sentires. Bom até pode ser que seja, mas deixe-me dizer-lhes que os seus sentires se encontram grávidos de poesia.
Um abraço e Páscoa Feliz

marlene disse...

prezadaamiga manoela adorei receber sua visita e vir a conhecer voce seu blog lindo com seus poemas encantadores seja muito bem vinda ao meu recanto onde recebo a todos com carinho e amizade um abraço a voce bjs marlene

Luma Rosa disse...

Anjo Azul, bailando no céu para confundir mortais!
Seria um cometa a riscar o céu rumo ao infinito?
Voa anjinho, voa!
Mas não esquece de vir piscar junto à minha luz, tá? :)
Beijus,

Sonhadora disse...

Minha querida Manuela

Em quantos caminhos se perdem os passos...de que estranhas páginas se faz a vida...de que promessas se fazem os instantes...de que vazios se tecem as esperas...de que frias mãos escorre a noite...de que verso se faz a memória dos dias...a subtração do tempo...o silêncio da espera.

Saio de mansinho para não acordar o silêncio que faço para te sentir.

Beijinho com carinho e admiração
Sonhadora

Ange disse...

Prezada amiga Manoela, não poderia deixar de vir aqui para com carinho lhe desejar uma maravilhosa e Iluminada Páscoa.
Obrigada pelo seu carinho. Uma linda noite para você! Lembranças!
Ange.

Luna Di Primo disse...

belo texto, o da pascoa tambem... o MINDIM lancei esse ano, uma cria minha... bjuuu seguindo voce...

Luna Di Primo disse...

ai eu comentei e não sei se postei, rsrs...bju