SEGUIDORES

terça-feira, 30 de março de 2010

AGORA


Agora é noite.
A sombra desce sobre a cidade e as árvores do jardim.As ruas desertas convidam à reflexão. Olhamos para dentro de nós e seguimos a nossa própria sombra.
E na escuridão da noite, seguimos os sonhos que foram levados pelo tempo.
E lá longe, ficaram as rosas do meu jardim, o canto dos piscos, e a sinfonia do merlo!
E o rio,feito de água pura, cristalina,tombando desde as montanhas do Gerês!
E a saudade fica, AGORA,a morar no meu peito.

AGORA

Para uns sim para outros não. Depende do sentido ,e da influência positiva ou negativa que marcou para sempre a nossa vida.Mas será assim tão importante guardar essas recordações?Seremos capazes de, facilmente varrer do nosso inconsciente essas marcas graníticas esculpidas ao critério da nossa imaginação, e que muitas vezes nos arrastam como escravos, carregando um fardo do qual nos queremos libertar?
Há psicólogos que dizem que, ao fazermos uma psicoterapia,deveremos lembrar essas marcas para nos libertarmos delas. Outros que não devemos tocar nelas porque será um duplo sofrimento ao revivê-las e pelo contrário esculpir no nosso subconsciente imagens de felicidade.
Mas buscar a felicidade no passado?Este já é história.
No futuro? Para quê, se é incógnita? Ah, mas temos que o preparar...
Sim, mas sem a pré-ocupação, com serenidade, como quem cria uma criança que vai crescendo lentamente, ao ritmo da suas descobertas do mundo que a rodeia.
Por isso o AGORA,sem passado nem futuro, é o tempo sem tempo para nos perdermos em factos comezinhos, mas antes viver intensamente cada minuto,apreciando tudo o que temos nesta hora! Saúde, paz, sol,uma flor!É tanto e tão pouco, não parece?

Mas é hoje, AGORA, tempo em que mais sinto o poder da Natureza, o chamamento do Universo, a força do Infinito, a minha insignificância perante esta imensidão, mas as grandes potencialidades que como ser humano possuo, e que desconhecia...
Quais? A seu tempo,darei notícias sobre isso!

Apenas constato que a vida é uma eterna aprendizagem, que nos leva a um maior aperfeiçoamento. Que essa perfeição se torna cada vez mais exigente à medida que tomamos uma maior consciência do percurso que escolhemos fazer. Que este Espaço tem que ser partilhado com amor e paz.


,

quinta-feira, 25 de março de 2010

AGORA























Benvindo/a à minha casa!

Conforme o tempo vai fluindo, vem a palavra mágica :  AGORA.
Mas então pergunto-se:"e a infância que foi o alicerce de tua vida? 
E a adolescência ,tão importante para te afirmares como adulto?" 
Sem essas duas etapas da vida, não haverá memórias para reescrever uma existência.
Indiscutível, na medida em que nós vivemos de memórias e recordações que muitas vezes nos marcam para todo o sempre.
Mas não viveremos  nós demasiado condicionados por essas memórias?
Sim ou talvez não?

Manuela Barroso